quarta-feira, 3 de dezembro de 2008


O telefone tocou olhei no relógio 1:15 deve ter acontecido algo, a cobrar. Quem poderia ser? Minha mãe, meu irmão, será que meu avô esta bem? -Alô -Maysa é a Luiza *voz ofegante* - Oi Luiza -NÃO DESLIGA! Fala pro tuba que fomos assaltados,pede pra ele ligar pra mim - TABOM.

Avisei meu irmão do ocorrido,coloquei o tenês peguei o cigarro e fui.

Ai de quem me fizesse ficar em casa!Chegamos, ocorrido explicado e intuam chegamos em casa.

-Luiza aperta um pra gente!

Não eu não escutei bem, o que foi que ele disse? só pode ser imaginação minha.

Ela começou o trabalho, quando olhei pro meu irmão ele tinha acabo de sacar uma leda do bolso.

Ok!!! só pode ser alucinação minha, tenho que parar com as Drogas!

-Toma Luiza, se precisar tem aqui! *jogou um quadrado em cima da mesa*

PARAAAA TUDOOO! como assim , meu irmão com drogas em casa e não me conta nada, e ainda por cima me faz esconder dele quando estou louca?? tentei segurar as palavras, impossível, saiu...

- Noossaaaaaa e eu escondendooo !!!!

-Ela pensaaa que eu não sei *tirando da minha cara*

-Luizaa acende aee!

Quem ta na roda é pra passar né? UHAua, vai casar com o beck Marquinhooo, passa logo ou!eu esqueci que era o MEU irmão que tava casando com beck! uhsahusa

-Toma Maysa! *peguei o beck da mão do meu irmão*

E assim foi por varias vezes durante a noite e pela primeira vez na vida senti que aquele era o meu irmão, o irmão parceiro que eu sempre tive e nunca conheci.

E... bem.. tudo sempre termina em pizza não é?

Já que não tinha pizza, tinha que substituir né! UAHuahUAHUHAHUA

1 comentários:

Vany disse...

Olá...
Passei pra retribuir a visita. Já é madrugada e eu não estou muito consciente. Volto pra ler outra hr...
Bjs